Arquivos do Blog

Agenda – 31 de agosto, dia do MC Lanche Feliz!

Oie!

novidade-BANNER-NOV-650X1000PX0Gente hoje é dia 31 de agosto, dia do MC Lanche Feliz! Quem já passou pela experiência de ter uma pessoa com câncer na família sabe que é dureza.

É um tratamento longo, dolorido físico e psicologicamente para o paciente e para a família. Vou confessar que vivenciei isso bem de perto no ano passado com a minha mãe e não foi fácil!

Não consigo imaginar ( mesmo sabendo que sempre criamos força para superar os obstáculos  da vida)  ter uma filho com câncer. Vamos ajudar essas crianças pensando na maior meta que elas podem  alcançar:  a V-I-D-A.

Pessoal, já foi o tempo em que achávamos que essa era uma campanha para beneficiar somente o MC Donald’s, hoje esse é um evento da sociedade.

Você Sabia?
– O McDia Feliz é o evento que mais arrecada recursos para a causa do câncer infantojuvenil no Brasil;
– Desde 1988,  a campanha já doou cerca de R$ 130 milhões a instituições sem fins lucrativos que atuam no combate ao câncer infantojuvenil;
– A arrecadação do McDia Feliz 2012 foi a maior já atingida no Brasil: R$18.354.205. com a venda de 1,6 milhão de sanduíches Big Mac.

O que é:

McDia Feliz é a maior campanha do país em prol de crianças e adolescentes com câncer, além de ser o principal evento comunitário do Sistema McDonald’s no Brasil. No McDia Feliz, todo o recurso arrecadado com a venda de sanduíches Big Mac (exceto alguns impostos), vendido separadamente ou na McOferta de Big Mac – além de materiais promocionais confeccionados pelas instituições participantes e tíquetes antecipados – é revertido para instituições de apoio e combate ao câncer infantojuvenil de todo país.

O evento garante o dia de maior movimento em mais de 600 restaurantes McDonald’s, contando com uma mobilização de mais de 30 mil voluntários. Ao longo de 24 anos de realização da campanha, os recursos obtidos com o McDia Feliz contribuíram para o expressivo crescimento do índice de cura da doença no Brasil: de 15%, no final da década de 80, podendo chegar a 85% atualmente caso diagnosticado nos estágios iniciais.

Com os resultados obtidos desde o primeiro ano de sua realização, em 1988, a campanha já reverteu a mais R$ 130 milhões para a causa do câncer infantojuvenil, em mais de 20 estados brasileiros. Os recursos têm viabilizado a implantação de unidades de internação, ambulatórios, e salas de quimioterapia, casas de apoio e unidades de transplante de medula óssea, entre outros projetos em benefício de crianças e adolescentes com câncer. Todos os projetos apoiados pelo Instituto Ronald McDonald são auditados e tem sua execução acompanhada. Veja em nossos Relatórios de Atividades mais informações e prestação de contas.”

Objetivos da campanha

– Despertar a atenção de toda a sociedade e sensibilizá-la para a maior causa de morte por doença entre crianças de 5 a 19 anos;
– Captar recursos e concentrar esforços para a realização de projetos prioritários em nível local, regional e nacional;
– Contribuir para o aumento do índice de cura do câncer infantojuvenil.

Anote já na sua agenda que dia 31 de agosto você tem um compromisso: Transformar Big Mac em sorrisos!

Ah, No shopping Floripa está rolando uma programação especial, confere aqui. Bjs!!
Anúncios

Deixe um comentário

por | agosto 31, 2013 · 10:23 AM

Alimentação x Estomatite

Olá!

Hoje eu tinha definido outra pauta para compartilhar com vocês, mas acabei de voltar do almoço com meu marido e com a pequena Valentina e resolvi mudar tudo.. rsss. A minha toddler já está com 1,8 meses e desde pequena nunca tínhamos tido problemas com a sua alimentação, mas recentemente ela teve estomatite (http://brasil.babycenter.com/a3400299/estomatite-1-a-3-anos) e desde então, ela ainda não recuperou o apetite habitual.

Rapidinho para vocês entenderem melhor, os principais sintomas da estomatite são:

  • Pequenas feridas no interior da boca, rasas e com bordas bem definidas e arredondadas;
  • Inflamações na gengiva;
  • Inflamações na garganta;
  • Sangramentos na gengiva;
  • Quando em bebês, eles podem babar com mais intensidade;
  • Mau hálito;
  • Dor nas áreas lesionadas;
  • Inchaço das amígdalas;
  • Febre alta.

Durante o período em que ela estava com a virose a pediatra me aconselhou a oferecer mais doce do que salgado, porque a criança acaba tendo  muita dificuldade para se alimentar. Nesse momento, fiquei insegura, mas diante dos fatos não pensei duas vezes para introduzir o chocolate e alimentos mais calóricos. Teve um dia, por exemplo, que ela comeu apenas um Danoninho, e duas mamadeiras e eu decidi ir para o supermercado e fiz uma compra com alimentos que normalmente ela não comeria.

Comprei bolinhos prontos, mucilon de caixinha, fortini, sustage, sucos prontos, kinder ovo, gelatina, sorvete, etc… quando passei no caixa pensei comigo mesma: “essas pessoas devem estar achando que sou uma mãe sem noção”, tamanha era a porcariada no meu carrinho de compras.

Bem, aos poucos ela foi conseguindo comer e é claro que não recusou a “porcariada”, o que facilitou para ela ter energia e recuperar a coragem para comer.

Já faz mais de duas semanas e como eu disse no inicio ainda estamos tento dificuldades para fazer com que ela coma uma quantidade razoável de alimentos salgados e nutritivos e é claro que até hoje ela olha para geladeira e pede: “Doce….doce mamãe”. Não é fácil!

Ainda tenho que lidar com a cara de reprovação do maridex e com comentários do tipo: “essa criança não pode comer chocolate?”, mas fica entre nós que ele estava viajando durante a virose, acho que se estivesse aqui e participasse dos momentos de tensão ele entenderia melhor. Tem coisa pior que ver uma criança recusando comida?

Além das porcarias o que tem motivado muito ela é o fato de que agora ela come sozinha na mesinha e comprei vários kits de utensílios com  as Princesas que ela adora! Tenho carregado um kit com colher , garfo, pratinho e babador sempre que saio e mesmo nos restaurante ela me pede para colocar o babador e fica mega feliz quando vê o kit para alimentação. Depois passo uma agua no banheiro ou o garçom leva para lavar e depois me devolve, acho super prático (#ficaadica).

Image

Agora vamos voltando aos poucos com uma alimentação balanceada e promovendo uma reeducação alimentar com muita criatividade (em breve posto fotos e receitas criativas aqui).

Lembrando que:

* Fortini e Sustage foi recomendado pela pediatra e cada criança utiliza as medidas de acordo com a sua necessidade;

* é importante desde já escovar os dentinhos dos pequenos para evitar futuros problemas.

Para mais informações/estomatite:

http://www.tuasaude.com/sintomas-da-estomatite/ http://bebe.abril.com.br/materia/e-estomatite

Deixe um comentário

por | junho 24, 2013 · 8:35 PM