Arquivo da tag: livros

Sobre querer mudar

Quem nesse mundo não quer mudar? Eu quero acordar cedo e disposta (em vez de cedo e com preguiça), ler livros do começo ao fim sem flertar com outros títulos, cozinhar pratos deliciosos e nutritivos para a minha filha todos os dias, ir às aulas de pilates como uma beata vai à igreja, acampar, fazer trekking, levar a Alis ao parque uma vez por semana (pelo menos), comer mais frutas, cortar o doce da alimentação (ou pelo menos diminuir drásticamente), meditar, nunca ceder às tentações da fofoca, caminhar mais, subir escadas em vez de usar o elevador… por favor, alguém me passa uma receita de como fazer isso tudo dar certo? Caro(a) leitor(a), atente para o fato de que eu faço a pergunta e eu mesma dou uma resposta logo abaixo… A impressão que eu tenho é que era mais fácil mudar antes, quando eu era mais nova. Acho que vamos criando raízes com os nossos hábitos e parece mais difícil mudar do que realmente é. Li um dia desses em um blog sobre hábitos zen que, para mudar, temos que começar com metas bem fáceis, como passar o fio dental em um dente se você não tem o hábito de passar fio dental diariamente (esse hábito eu tenho, ainda bem). Mas fez sentido, sabe? Quando eu decidi começar a fazer abdominais em casa, defini uma meta de 100 por dia, começando com 100. Eu estava destinada ao fracasso, claro, mas vou tentar começar hoje com 10 abdominais e aumentar progressivamente. O importante, diz o autor do blog, é estabelecer metas que você teria vergonha de não cumprir de tão fáceis que são. Tenho pensado bastante sobre isso e vou começar um hábito por vez, até que ele crie raízes no meu dia-a-dia e só depois vou começar um hábito novo.

Espero que funcione, vamos acompanhar…!

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Vida de mãe

Artigo legal

Ontem dei uma olhada no site “Shine”, do Yahoo. É um portal voltado para mulheres que fala sobre beleza (dãr, qual portal para mulheres não fala sobre beleza?), saúde, alimentação, maternidade, etc, etc… Mas encontrei pelo menos uma coisa boa: esse artigo, cujo título é “It’s OK: All Moms Are Learning as They Go Along“, ou seja, num português bem adaptado, “Está Tudo Bem: Todas as Mães Aprendem Com o Tempo”.

O texto fala sobre como a escritora revirava os olhos quando sua mãe dizia que maternidade não é algo que se pode aprender a partir de livros, e eu fazia a meeeesma coisa. Comprei/ganhei quatro livros sobre maternidade (já falei sobre eles aqui, ó) e tinha certeza que conseguiria dar conta de tudo com o que tinha aprendido na leitura deles. Ledo engano. Quando a Alis nasceu parecia que eu estava começando do zero. Assim como a autora do artigo, consegui usar detalhes que aprendi com os livros, mas nenéns reeeealmente não seguem scripts e não querem nem saber do que os livros falam sobre eles. Babies têm seu próprio ritmo e não estão nem aí para o que se espera deles.

Mas tá aí o link. É um texto curto, mas bem escrito e 100% verdadeiro. Boa semanaaa!!!

Deixe um comentário

Arquivado em Gravidez

Livros de gestação e maternidade

Da esquerda pra direita, O que esperar..., The Day-by-Day Pregnancy Book, Encantadora de Bebês e A Vida do Bebê

Eu comprei alguns e ganhei outros, mas a questão é que eu tenho essa pilha de livros sobre gravidez e maternidade. Eles foram úteis, mas também foram demais, mal dei conta de ler tudo. Seguem as minhas apreciações sobre cada um deles…

The Day-by-Day Pregnancy Book, Maggie Blott

Livro todo ilustrado, cheio de fotos, informações úteis e com o tamanho do bebê ao final de cada semana até o começo do segundo trimestre

O livro é bom, interessante, dá dicas muito úteis sobre alimentação, problemas comuns na gravidez, uma descrição diária do crescimento do embrião (que depois da oitava semana passa a ser considerado feto), parto e, no final, um guia sobre como proceder depois do nascimento do baby. É um bom livro para a gestante “se conectar” com a gravidez. É muito bacana saber tudo o que está acontecendo com o bebê, o tamanho que está (até o final do primeiro trimestre o livro mostra o tamanho do bebê ao final de cada semana), se já tem unhas, explica o fenômeno do soluço do bebê dentro da barriga, etc, etc.

Como minha baby já nasceu, estou vendendo o livro por R$50,00 (paguei R$78,00 na Saraiva). Peço que as interessadas deixem comentários com email para eu entrar em contato.

O Que Esperar Quando Você Está Esperando

Uma das poucas figuras do livro (help, sou uma criança!)

Esse livro é legal, mas tenho que confessar que achei meio chato de ler. O comentário a seguir vai parecer mega infantil, mas ele tem poucas figuras (hahahaha!). No início de cada mês da gestação tem uma imagem mostrando como você está e como o bebê está e é basicamente isso. Uma imagem ou outra aparece no decorrer dos meses, mas “não satisfaz”. Em termos de informação, porém, a introdução dele antes de entrar nos meses da gravidez é a melhor. O livro explica detalhadamente questões como alimentação, preocupações comuns (convenhamos, são várias!), exames que devem ser feitos e até mesmo receitas (outra confissão: não fiz nenhuma delas). Outra parte beeem boa dele que só cheguei a aproveitar agora, quase um mês depois do nascimento da minha filha, é a do puerpério. Começa com o dia seguinte, a primeira semana e assim por diante.

A Vida do Bebê Dr. Rinaldo de Lamare

As fotos do livro não são das mais emocionantes (vide a da foto acima), mas o conteúdo é muito bom e é fácil encontrar informações pelo índice no final do livro

Muito bom, muito completo e com uma explicação bem detalhada sobre o primeiro, segundo, terceiro, quarto, quinto… dia de vida. Depois do primeiro mês de vida do bebê, que é todo detalhado em dias e semanas, o livro segue em meses e discute todos os maiores eventos, preocupações, questões de alimentação, saúde e etc. Como o livro foi lançado há algum tempo, algumas informações parecem defasadas, mas percebi que ele foi reeditado e atualizado, então é uma fonte segura. Curti mesmo.

A Encantadora de Bebês Resolve todos os seus Problemas, Tracy Hogg e Melinda Blau

O sagrado método EASY

Levemente psicopata no jeito de escrever e descrever seus casos e com tom de rainha-sabe-tudo, Tracy é o máximo!!! O método EASY que ela desenvolveu (E= alimentação, de “eating”; A = atividade, de “activity”; S = Sono, de “sleeping” e Y = tempo pra você, de “you”) é fantástico e muito fácil de seguir à risca. É bem básico: neném acorda com fome, você alimenta. Neném precisa fazer alguma coisa antes de dormir (mas nem sempre porque eles geralmente apagam depois da mamada), então você troca a fralda e brinca um pouco. Neném precisa dormir e você precisa dormir também ou aproveitar pra colocar alguma coisa em dia. Bom, até agora só li essa parte do livro (haha), mas a impressão que ele já deixou é bem positiva. Além do método easy, Tracy dá várias dicas de alimentação, comportamento do bebê e váaarias outras coisas. Tenho uma amiga que tem um filho de um ano e pouco que disse que a Tracy salvou a vida dela e preciso dizer que a minha vida com certeza foi facilitada pelo método easy… pelo menos eu tenho um “norte” de como o dia deve se desenvolver.

O predileto? A Vida do Bebê… :)

4 Comentários

Arquivado em Gravidez