Quanto tempo longe de um blog é tempo demais

Muito tempo se passou desde o último post. Três anos, praticamente. Tanta coisa aconteceu, então eu não saberia por onde começar. Basta dizer que mais uma filha nasceu e que a que já existia, cresceu. A. tem agora 6 anos e baby L. completa um ano hoje(!!). A maternidade tem sido uma fonte inesgotável de aprendizados. Tanta coisa boa, tantos desafios, e uma coisa é certa: sempre ando bem acompanhada. Seria esse o grande segredo das pessoas que têm filhos, ter amigas ou amigos para a vida? Talvez, se não fizermos nada de muito errado (alguma coisa errada com certeza vamos fazer!), possamos curtir uma boa parceria, umas boas risadas, uma cumplicidade deliciosa com nossos filhos. Eu trabalho muito pra isso, pra que minhas filhas queiram estar comigo, e pra que elas não tenham grandes receios de seguir o caminho delas quando chegar a hora de alçar voo e sair de casa. É certo que não vou transformar o quarto delas em academia (haha!): ele estará sempre pronto para recebê-las de volta sempre que quiserem um tempo, um colo, um lugar seguro.

Baby L. e A.

Baby L. e Big Sis A.

Falando nisso, no desejo de cumplicidade que tento construir com as minhas filhas, vou compartilhar aqui embaixo um vídeo da Monja Coen (que mestra!) sobre confiança. Construir uma relação de confiança dói, e dói porque a gente foge do desconforto, do  julgamento do outro, e porque mentir ou omitir é às vezes mais fácil do que encontrar, no olhar do outro, um espelho para as nossas ações. E mentir também é achar que o outro não dá conta de lidar com a verdade, é pensar o outro incapaz diante dos fatos. Isso não parece injusto? Tenho muito forte para mim a ideia de que minhas filhas merecem a verdade, assim como eu mereço a verdade. Eu, no alto dos meus 36 anos, consigo elaborar para mim mesma a importância da verdade, mas talvez (e talvez mesmo, porque talvez elas deem conta melhor que eu!) minhas filhas não consigam fazer o mesmo aos 1 e 6 anos, então eu preciso fazer com que elas pelo menos não tenham medo de me falar a verdade e trabalhar para que isso não se perca na vida adulta. Bom, mas já falei demais. Segue aqui o vídeo da Monja e segue também a promessa de uma presença virtual mais constante! Enjoy:

Beijoca!

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s