O Lado B do Shopping

94750ac4f49911e28c0122000aa802dd_7

Fotos que não revelam o que realmente aconteceu…

Antes de ontem eu, Chiara, Alis e Valentina fomos ao shopping. Para um leigo a frase “fomos ao shopping” pode invocar imagens de consumismo, bateção de cílios, rebolado de quadris e o balanço dos cabelos bem cuidados e sedosos de pessoas com tempo de ir ao shopping para gastar dinheiro e desfilar têm. Ledo engano. O que aconteceu antes de ontem estava mais próximo de uma evacuação de prédio com demolição agendada e iminente. Férias: palavrinha bonita para adultos, tenebrosa para crianças. Não é que eu ache que filhos não têm que passar tempo com seus pais. Tem que e devem, mas o que eu acho não é o mesmo que a Alis e a Valentina acham. Pra elas, brincar com os coleguinhas da idade delas e gastar energia é muito mais interessante que passar 10 dias coladas nas mães e nos pais. Tinha que ver a felicidade das duas quando se encontraram na minha casa para brincar um pouco antes de sairmos para o shopping. Quer dizer, brincar pra elas, né? Pra mim era mais uma questão de “Chiara, eu preciso tomar um banho, podes ficar com a Alis um pouco?”. Mas elas se abraçaram, cantaram e dançaram juntas. Pena que o romance e a saudade de ver criança durou pouco. Acompanhe-nos neste drama lendo o relato que segue, por favor.

Pois bem, fomos ao shopping. Ai, que lindas as nossas meninas, né? Quando estão dormindo no shopping, então, mais lindas ainda. Acordadas? Hmmm, nem tanto. Em vez de parceria e amor pelo carrinho e pelo passeio o que aconteceu foram cenas de desastre, infelicidade, insatisfação, “não ouse trocar a minha fralda”, “esqueci como se anda, posso ficar no seu colo pra sempre?”… e isso nem é tudo. A Valentina não queria ir pro chão nem pro carrinho, só queria saber do colo da mãe. Alis queria ficar no chão, sem mão de mãe, sem direcionamento, queria ser livre e fazer birra. Conseguimos convencer a Valentina a caminhar um pouco. No meio tempo, Alis decidiu que queria segurar a mão da Valentina, mas Valentina não quis saber desse troço de andar de mão dada com outro neném, ela queria era a mão da mãe dela. Alis ficou revoltada e fez um escândalo no meio da Zara. Linda, né? Nossa, sim, linda, todos passavam fazendo cara de “ai-que-fofa-só-que-não-faça-ela-parar-de-chorar”, mas ela não queria saber de mim. Alis até hoje fala “mão, amiga” quando vê a foto da Valentina. Ficou traumatizada porque a amiga não quis segurar sua mão. Já estou começando a guardar dinheiro para a terapia. A dela.

b8a5d70cf48f11e2b93522000a1f96b2_7

Enquanto a paz ainda reinava…

Tivemos que fazer um pit-stop na farmácia porque, como bem sabe quem tem filho ou vive em contato com crianças de até dois anos, eles comem fraldas e pomada anti-assadura. Então não foi por vontade, foi por necessidade. Mas quem disse que bebês ligam pra essas coisas? Resolveram chorar, as duas, e a Chiara teve que sair com uma no colo e com a outra pendurada no pescoço (prova #1 logo abaixo, que não prova lá grandes coisas porque elas parecem felizes e, de fato, estavam naquele momento, mas isso não reflete o humor geral da tarde). O mais engraçado de tudo foi a Chiara falando “você tá com pena da gente” pra um carinha que estava nos olhando e dando risadas da nossa ginástica na farmácia.

c536c020f49a11e2b9c722000a9e07b7_7

Tentando macaquices para tranquilizar as bonecas…

Então assim… existem idas e idas ao shopping. Essa foi uma daquelas idas. Não foi fácil, mas foi engraçado. Esse, minhas queridas e queridos, é o Lado B do shopping. Bem-vindos ao mundo da maternidade!

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Vida de mãe

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s